POEMA DE INQUIETAÇÃO

Imagem

http://1.bp.blogspot.com/-whAwwsaRdCM/TWWIjxZGkEI/AAAAAAAAAQI/kQJYEhsPfgA/s1600/Luz%2BSolar%2Bem%2BAlto%2BMar.jpg

 

 

Que são nossas vidas, amigo,

nesta imensa e bela Argos

que um Posseidon do Universo

nos deu por embarcação?

 

Ilustrações, arabescos

em livros abandonados

por ébrios, gloriosos deuses,

nos véus da vasta amplidão?

 

Nada nas volutas da Galáxia.

Nada, assim como o são os mundos

que se perdem no infinito,

ao ritmo perene da expansão.

 

Ou são mesmo vidas, irmão?


(Da coletânea “Estado de Espírito”)

Anúncios

2 responses to this post.

  1. Você pode ler este e outros poemas de Sergio de Sersank no site http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=218658

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: