O DIA DE HOJE – Poemas – Poemas e Frases – Luso-Poemas

O DIA DE HOJE – Poemas – Poemas e Frases – Luso-Poemas.


O dia de hoje é a dádiva
que se renova na azáfama dos pássaros
sobre os rumores urbanos.

Como um lampejo do sol
nos ouropéis das furnas,
abre veredas ao vento
por ínvios desfiladeiros.
Projeta nessas lonjuras,
vales em pleno arrebol.

No oceano do tempo a se abrir,
sempre mais devassado,
exala o cósmico olor 
do cio planetário.

O espetáculo das cores.
A sinfonia dos sons…
Precedem, tais esplendores,
os fumos do Armagedom?

À luz de milhões de estrelas,
o dia de hoje é um poema
que os homens vamos compondo
no livro de ouro de Deus.

Sergio de Sersank
(Da coletânea “Estado de Espírito”)

Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=216882#ixzz1pS4mrTjz
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

Anúncios

One response to this post.

  1. Imagine que os dias sejam uma sucessão interminável de degraus pelos quais ascendemos a estágios sempre mais iluminados na imensa espiral evolutiva da existência. Assim, se pode compreender a importância do dia de hoje para cada um de nós.
    Sergio de Sersank

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: